07 agosto 2012

Capitulo 16


Capitulo anterior
 Cheguei em casa e fui direto ao meu quarto, como eu fui tão idiota, a Mari tinha toda razão eu era um covarde que não tinha sequer coragem de lutar pelos meus sentimentos, me deixei levar pelo orgulho! Afinal eu nunca tinha sido rejeitado por nenhuma garota, todas elas me queriam e faziam qualquer coisa para ficar comigo. Eu se, isso não está certo, se eu tivesse lutado por esse amor teria conseguido ser o dono do coração dela.

Continuação.....

As palavras que a mariana disse ainda rondavam pela a minha cabeça
 -idiota é você que só importa com si mesmo, destrói a própria vida e depois quer por a culpa nos outro por qualquer coisa...
A mari tinha razao, eu sou um completo idiota.
Meus pensamentos foram atrapalhado pela o som da campainha. Bufei e fui ate a porta
- O que você esta fazendo aqui_ a única pessoa na face da terra que eu não queria ver era a Hilary  
-eu vim te visitar amor_ Hilary passou seus braços em volta do meu pescoço. Ela aproximou seu rosto para mim beija, mas eu virei minha cabeça para o lado fazendo que ela beija-se minha bochecha
-o que esta acontecendo jus?
-meu nome e justin e não jus_ tirei os braços da Hilary que estavam em volta do meu pescoço e fechei a porta na cara dela.
Eu sabia que Hilary estava soltando fumaça pelo o nariz por eu ter batido a porta na cara dela, mais eu nem ligo.
Voltei para o meu quarto e peguei a chave do meu carro que estava no criado mudo ao lado da cama.
A campainha voltou a tocar, eu tinha certeza que era a Hilary
-o que é?_ gritei em quanto abria a porta  
-quem você pensa que é para bate a porta na minha cara e ainda gritar comigo_ Hilary esta com uma mão na cintura e me olhava com superioridade  
-eu sou o justin Drew bieber_ gritei.
Tranquei a porta de casa e andei ate o meu carro, entrei no mesmo e ouvir a Hilary gritar:
-aonde você pensa que vai justin!
Não dei importância para o que ela falava. Dei a partida no carro indo em direção ao mc Donald.
Chegando ao MC eu pedi um big mc com batatas fritas e um copo gigante de coca-cola. Minutos depois meu pedido ficou pronto, me sentei em uma mesa e comi meu lanche.
Meu celular começou a tocar peguei o mesmo rapidamente dentro do bolso da minha calça
Ligação on
-alo?
-hey dude
-oi Ryan
- o que voce esta fazendo?
-nada de interessante, por quê?
-você quer vim aqui em casa jogar vídeo game?
-ok. Já estou indo  
Ligação off
Terminei de come meu lanche e fui para a casa do Ryan.
Passamos-nos à tarde todinha jogando vídeo game.  Acabei jantando na casa do Ryan
-ryan eu tenho que ir, já são 21:00
-ta bom dude. Tchau
Sair da casa do Ryan e fui ate um mercadinho que tinha ali por perto. Comprei uma garrafa de vodca, ainda bem que o carinha do caixa não pediu a minha identidade.
Eu não queria ir para casa agora... então eu estacionei o carro em frente a uma pracinha, mais conhecido como a pracinha da depressão,  sempre que estou com algum problema eu gosto de vim aqui e colocar os meus pensamentos me ordem
Sair do carro. Andei ate um banco que estava debaixo de uma arvore e me sentei ali.
Talvez se minha mente me permitir e minhas mãos desenhar meus pensamentos expressarei o que desejo , não desejo mais que a verdade e somente a mariana..somos seres cheios de imperfeições e defeitos.Sempre acontece de cada pessoa ir para o seu lado da história porque é o que o incomoda , falo do amor…ou não..não sei ao certo se é o amor mas dependendo do rumo da história pode ser.Estranho como cada um tem seu jeito de sentir as coisas e perceber também , muitas vezes nessa história os dois se enfrentam num duelo de injúrias e se perde o que foi construído em tempos de amor, tais tempos foram vividos com amor intenso e momentos especiais mas tudo se perde tão fácil numa atitude errada ou interpretada de forma errada.
Pov justin off
Pov mariana on
Acordei com o meu celular tocando esteticamente, peguei o mesmo rapidamente e atendi para não acorda ninguém
Ligação on
-alo_ disse meio sonolenta
-mariana?
-ela mesma. Quem esta falando?
-maria, sou eu a pattie. Você esta com o justin ou sabe aonde ele esta?
-não, por quê?
-eu cheguei em casa e ele não estava. Liguei para o celular dele não sei quantas vezes, mas ele não atende. Ultimamente isso e normal ele sair sem avisa, mas eu estou com um pressentimento ruim_ pattie disse. Pela a sua voz deu para perceber que ela estava bastante nervosa.
-Pattie fica calma. Eu vou ligar para os meninos, talvez o justin esteja com eles
-ok. Obrigada marina
Ligação off
-aonde o justin pode esta as uma hora da manhã _ eu disse em quanto olhava o horário no celular.
Liguei para o Ryan, demorou um pouco mais ele atendeu
Ligação
-o que é?_ryan disse com raiva
-Ryan o justin esta ai com você?
-não, por quê ?
-e que ate agora ele não chegou em casa e a pattie esta preocupada
-ele esteve aqui em casa hoje. Jogamos vídeo game, jantamos depois ele foi embora
-você não tem algum palpite para aonde ele poderia ter ido?
-sempre que ele esta com raiva ou chateado ele vai para a pracinha que tem aqui perto de casa.
-ta bom.
Ligação off

-se eu ficar de castigo eu te mato justin_ eu disse em quanto ligava para uma agencia de taxi.
Peguei o casaco sobretudo e vestir por cima do pijama, calcei uma sapatinha. Sair de fininho de casa para os meus pais não acordarem.
Fiquei fora de casa ate o taxi aparecer, entrei no mesmo e indiquei ao moço o lugar para aonde eu iria.
Chegando à pracinha logo avistei o carro do justin. O taxi parou, paguei o moço.
Andei ate o carro do justin, olhei pela a janela e ele não estava lá dentro.
Andei pela a praça ate encontra o justin sentado em um banco com uma garrafa de vodca ao seu lado
-justin Drew bieber_ eu disse raiva  em quanto andava ate ele. Ele olhou para mim e veio me abraça
-mari_ justin me abraçou mais forte –desculpa pela as minhas idiotice, desculpa,desculpa,desculpa...
-para de pedi desculpa justin_ dava para senti o cheiro de álcool impregnado nele. Tudo o que ele dizia não iria se lembrar a manha... então era melhor ele para de pedi desculpa.
Justin partiu o abraço e eu pude ver que ele tinha chorado
-desculpa_ ele sussurrou
-vamos para casa_ o guiei ate o lado do seu carro. justin teve que sentar na beira da calçada, pois ele não conseguia ficar em pé
Liguei para a pattie e ela disse que já estava a caminho. Minutos depois ela chegou.
Ajudei a pattie a colocar o justin dentro do carro em seguida ela me deixou em casa.
Ainda bem que os meus pais não descobriram que eu sair de casa em pleno a madrugada 

_________________________________________________________________________________
  o que vocês acharam desse capitulo? sera que a mariana aceitara as desculpa do justin? o próximo capitulo vai ter fortes emoções.
comentem plz a opinião de vocês é muito importante para mim.
eu não sei quando irei poder posta o próximo capitulo, mas eu irei fazer de tudo para poder posta logo.
more »

10 julho 2012

Capítulo 15

~Mari narrando~

 Desde as últimas semanas vejo quanto Justin mudou, bem que eu desconfiava, ele era um covarde não lutou por mim confesso que isso decepcionou bastante por um momento me deixei levar pelas ilusões, pela paixão, mas agora tenho que ser forte, Justin não merece minhas lágrimas, a única coisa que tenho que sentir por ele é pena...
 Depois daquele dia ele se tornou um péssimo aluno e filho, tirava notas baixas, não fazia os trabalhos e nem as tarefas andava com várias líderes de torcida, ia para festas quase todas as noites, ele estava realmente destruído, coitada da Pattie, eu imagino que ela não tenha dado essa criação para ele ás vezes minha mãe até comentava comigo e eu apenas ouvia...

more »

13 junho 2012

Capítulo 14


Olá Gente! Tudo bem? Bom... dessa vez eu não demorei tanto né? Bom na verdade eu estava esperando os cinco seguidores, ainda estamos com cinco... Bom como vi que não ia ser tão cedo decidi postar assim mesmo daí eu comecei a fazer o capítulo e não consegui fazer tudo por uma parte, daí nós temos duas novas moderadoras a Agnes e a Lari, que carinhosamente aceitaram o nosso convite. Outro motivo pelo atraso é a mudança no Layout do Blog gostaram? Dei o maior trabalho... Pra seguir basta apertar em “+Seguir” lá no header(topo), gente é o modo de vocês saberem quando foi postado novo capítulo e de nós sabermos que está valendo a pena, outra coisa muito importante é sobre os parceiros gente vocês tem algum blog de fanfiction ? Ou conhece alguém que tenha? Faz o convite vai... Vamos ficar muito felizes... Quanto aos comentários, muito obrigado vocês nos surpreenderam... Continuamos com 10 comentários... Tenham uma ótima leitura

more »

12 maio 2012

Capítulo 13

OiOi gente (meio Kéfera, eu sei). Gente mil desculpas por não postar antes, desta vez não foi só a escola perdi o que tinha corrigido e tiver que fazer again depois meu notebook deu problema e fiz a correção again e aqui estou eu, não iremos parar de escrever a fanfiction, ao menos que vocês queiram e saibam que motivos não me faltam. E aí o que acharam do novo design? Gente para comentar  tem um link "Clique para comentar"  cliquem nele façam os comentários e deixe as autoras felizes. Por favor sigam o blog,clica em lá no " + Follow", pois saberei que vale a pena postar. Bom gente acho que é isso. Boa leitura =)
more »

16 março 2012

Capítulo 12

 Cheguei a casa com aquele pequeno flashback na minha cabeça deles se beijando, mesmo não querendo admitir me destruía por dentro, tomei um banho, me vesti e liguei o computador para continuar o trabalho de Literatura, no lugar de fazer uma paródia do Justin coloquei um trecho do filme, na versão de 1968.
 - Posso entrar (meu pai disse batendo na porta).
more »

04 março 2012

Capítulo 11

Oiii, Gente sejam muito bem vindos no nosso novo "cantinho" e aí gostaram? espero que sim aí vai um capítulo pra vocês. Como vocês podem ver temos uma parceira. Deem uma olhadinha no blog dela é de fanfiction muito legal, acho que vocês vão gostar
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------


ßVoltando para o POV Marià
- Eu realmente tenho que ir mãe?(murmurei).
- Mas é claro, eu não te entendo. Justin é tão agradável e bonito.
- Vou me arrumar.
- Vai logo, já está quase na hora.
- Tá bom, mãe.
 Logo pude ouvir a voz de Pattie na sala, ela me aguardava junto com Justin, que parecia que não estava gostando de me ver, ele estava com uma cara...
more »

01 março 2012

Capítulo 10

– Grande supressa (disse sem ânimo)
– O que você queria ligando numa hora daquelas?
– É que eu estava com saudade de ouvir sua voz (ele disse com a voz meio rouca).
– Me empresta o seu celular (pedi).
– O que você quer fazer? (Justin perguntou tirando o celular do bolso e se sentando).
more »